meu carrinho
R$
Nâo vá embora ainda não...
Achamos que você também pode gostar:
MELHORANDO A MONA LISA
Você está em: Página InicialMaterial EvangelísticoFolhetosMELHORANDO A MONA LISA

melhorando a mona lisa

Marca: A VERDADE Referência: 307

Aproveite:Compre 10 pacotes ou mais e ganhe 10% de desconto

Por:
R$ 12,90

ou 1x de R$ 12,90 Sem juros
Quantidade
-+
Detalhes do Produto

A Mona Lisa pode não ser a sua obra de arte favorita, mas certamente seria difícil encontrar um quadro mais famoso e imitado do que esse. Pintado aproximadamente no ano de 1504 por Leonardo da Vinci, a Mona Lisa desde então teve uma jornada bem única.

  • Ela foi roubada do Museu do Louvre, em Paris, e ficou escondida em um pequeno apartamento durante dois anos.
  • Pablo Picasso foi convocado a responder a respeito do roubo dela.
  • Ela já apareceu em mais de 2.000 anúncios publicitários diferentes.
  • Gioconda, como também é chamada, já esteve pendurada no quarto de Napoleão Bonaparte.
  • A moldura onde ela fica é protegida por concreto e vidros à prova de bala.
  • A Mona Lisa tem mais de 500.000 rachaduras diferentes em seu verniz de proteção.
  • O balcão de informações do Museu do Louvre responde à pergunta: "Onde fica a Gioconda?" bem mais do que qualquer outra.
  • Estima-se que ela valha mais de 700 milhões de dólares.

Imagine que você ou eu resolvêssemos retocar só um pouquinho a pintura. Salvador Dali, o famoso pintor, criou uma versão com alguns floreios adicionais que nem de perto vale o que vale a original. Imagine agora que mudássemos o cenário atrás da Mona Lisa para tornar a pintura um pouco mais interessante e que em seguida colocássemos nossa assinatura no canto inferior. Tudo o que conseguiríamos com isso seria reduzir o valor da tela. Imagine que a mulher que jogou tinta vermelha na obra em abril de 1974 tivesse conseguido sujar mais do que simplesmente a moldura de proteção. Teria ela com isso melhorado a obra ou aumentado seu valor?

Existe uma obra ainda mais importante que ninguém é capaz de tornar mais valiosa por meio de retoques, nem mesmo você ou eu. Cada um de nós comete o que chamamos de "pequenos erros" em nossa vida. A maioria de nós está disposta a admitir que não somos perfeitos, que já cometemos "deslizes" e que agimos de formas das quais hoje nos arrependemos. Deus, o Santo Deus, a quem devemos responder, afirma: "Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" (Romanos 3:23). Ele tinha uma obra prima planejada para nossa vida, que seria para Sua glória e nossa alegria. Nós a desfiguramos com nossa vontade própria, luxúria, raiva, inveja e egoísmo. Quantidade nenhuma de retoques seria capaz de melhorá-la.

É impressionante que Deus nos ama profundamente apesar de nossa rebelião contra Ele e de estragarmos Seus tesouros. Para que Deus pudesse expressar Seu amor de uma forma perfeita, que Lhe permitisse o direito de nos receber em Sua presença, Jesus Cristo veio a este mundo para pagar a pena máxima pelo pecado: a morte. Ele veio para expiar de forma completa e absoluta toda a culpa daqueles que confiam Nele como Salvador. "Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16). Ao completar Sua obra de sofrer na cruz pelo pecado que Ele não havia cometido, o Senhor Jesus anunciou: "Está consumado" (João 19:30). A obra prima final de Deus - Sua obra justa e correta para livrar do pecado os não merecedores, para que pudessem ser salvos - estava completamente consumada. Ninguém precisaria aparecer para melhorá-la.

Infelizmente, existem muitas pessoas que pensam que o belo e perfeito plano de salvação de Deus necessita de alguns retoques para ficar completo. Muitas religiões oferecem aos seus membros atividades como orações, penitência, peregrinações e atos de caridade que supostamente fariam Deus enxergar os devotos de forma mais favorável. Só que a obra de Jesus já está perfeita, completa e consumada. "Mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados, está assentado para sempre à destra de Deus" (Hebreus 10:12). A maioria de nós ficaria espantada se alguém pegasse uma lata de tinta e tentasse "melhorar" o sorriso da Mona Lisa. Como é possível que alguém pense que podemos melhorar o sorriso de amor de Deus para conosco? É um presente do tipo "tudo ou nada". Ou recebemos com humildade o presente de Deus ou negamos de forma não muito sutil o seu valor, dizendo que podemos adicionar elementos a ele, aumentar seu valor ou pagar por ele por meio de boas ações.

"O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor." (Romanos 6:23)

Então, o que você fará com essa obra prima?

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Editora: A Verdade
  • Pacote (200 unidades): Sim
  • Páginas: 4
  • Dimensões (LxA): 15x10.5cm
  • Papel (Encadernação): FOLHETO COUCHÊ 90gms

Confira também

Newsletter
Inscreva-se em nossa Newsletter
Inscreva-se em nossa Newsletter para receber
nossas atualizações e ofertas exclusivas.
NewsletterCadastre-se para receber novidades e ofertas exclusivas!